A fiscalização precisa ser mais eficiente!

0
63

A gente já falou aqui que seria importante que os tribunais de contas pudessem acompanhar e aprovar ou não as contas das gestões praticamente em tempo real ou as contas do ano em curso poderiam ser julgadas em janeiro do ano seguinte, isso poderia inclusive ajudar a maioria das administrações que perdem a mão.

Infelizmente a realidade é que os pareceres dos tribunais vêm somente muitos anos mais tarde, quando muitos gestores já concluíram suas administrações ou quando estão do meio para o fim do segundo mandato.

Não é raro 5 anos depois ou mais saírem decisões das câmaras destes tribunais condenando gestores, aplicando multas e orientando que devolvam recursos aos cofres dos estados ou munícipios. O problema é que isso vem tardiamente, quando a decisão serve apenas como punição e não como uma maneira de corrigir o curso de uma gestão equivocada. A penalidade vem, mas nesse interim a população também já foi com administrações que não tem zelo pelo erário publico, pela boa aplicação.

Que o TCE não seja um órgão apenas que penaliza, mas que esteja cada dia mais atuante, vigilante em tempo real, impedindo que por qualquer que seja a razão, milhares e milhares de reais sejam desperdiçados.

Ontem o tribula de contas de Pernambuco julgou irregulares as contas do exercício 2013 do prefeito de Serra Talhada Luciano Duque. Deve ser divulgado no Diário Oficial quanto precisará devolver aos cofres do município e quanto pagará de multa.

Se a câmara tivesse sido mais vigilante, criteriosa e comprometida com uma boa administração e o tribunal acompanhasse em tempo real, certamente haveria mais cautela e zelo.

As muitas condenações de incontáveis gestores Brasil a fora provam que o recurso público pode até não ser suficiente para que todos os serviços funcionem a contento, porém é sem dúvidas a má aplicação que faz com que boa parte desse dinheiro literalmente tome destinos que não são aqueles para que tinha finalidade, ou seja, com as gestões financeiras ruins, muito dinheiro acaba indo embora pelo ralo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here