A imperícia e a imprudência continuam matando nas estradas sertanejas

0
196

A imperícia, aliada ao álcool e a imprudência continuam produzindo tragédias sucessivas nas nossas estradas sertanejas, principalmente na PE-320 que liga Serra Talhada a São José do Egito. Se é verdade que diminuíram os números de homicídios nesta região, também é perceptível o crescimento nos casos de mortes ocorridas no transito.

É importante lembrar que especificamente nos casos de notificações de alcoolemia, caíram drasticamente, e isso graças a lei que se tornou mais rigorosa com multa de quase 3 mil reais, mais 1.500 de fiança, além de outras custas no processo. Isso nos faz lembrar a fala do presidente Bolsonaro quando defendia o arrocho contra a violência em todos os sentidos: o ser humano só respeita aquilo que teme. No caso da Lei Seca, o temor é pela dor no bolso, o que torna uma bebedeira muita cara no fim das contas.

As condições da via, que tão precocemente já apresenta muitos buracos, aliadas a bichos na pista, desde domésticos como cães e gatos, a animais caros como cavalos e bovinos, até a aqueles que foram abandonados, como os jumentos. Sem esquecer que ainda têm os animais silvestres, a exemplo das raposas, diariamente atropeladas e mortas. Falta acostamento, que poderia ser a válvula de escape no momento de desviar de animais ou de colisões com outros veículos.

O mais grave de todos estes componentes já expostos, e que ainda permanecem a teimosia de muitos motoristas de beberem antes de dirigir, mesmo podendo serem pegos pela Lei Seca, assim como não usar, nem exigir dos demais ocupantes do automóvel, o uso do cinto de segurança. Também, dentro das condutas de segurança que deveríamos adotar, está o trafego no período noturno, que deveríamos evitar. A maior parte dos acidentes fatais ocorrem no período noturno.

O fato é que o fim de semana foi violento no transito da nossa região. Muitas mortes aconteceram, muitas famílias foram destroçadas. São situações que não poderão jamais ser reparadas. Fica aqui mais uma vez o alerta para os riscos e para as condutas perigosas. É importante, sempre importante, lembrar que ao abrirmos mãos de certos protocolos de segurança poderemos ser a próxima vitima ou alguém a quem mamamos muito.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here