Além do “Lula Livre”, pouco sobre Previdência e Educação foi visto

0
73

Foi um vexame os protestos realizados ontem país a fora, não pelo número de pessoas, mas pela manobra feita pelas centrais sindicais que manobrou estudantes e professores, uns ingenuamente, outros nem tanto.

Não é o corte da educação, nem a proposta de reforma da previdência que estava na frente, em primeiro plano. Lá estava mesmo o “Lula livre”, o “Mariele Vive”, o “Volta PT”, tudo o que havíamos dito aqui quando criaram o clima tenso com o IF-Sertão – Serra Talhada.

Primeiro questionamos porque não tiveram atos semelhantes quando cortes maiores foram promovidos pelos governos de Lula e Dilma, mas ocorreram agora quando Bolsonaro corta no mesmo local e corta menos que os petistas.

Eu sei que se sentir ludibriado deve ser constrangedor. Quem sabe muito só se deram conta quando já estavam engrossando o ato de quem tem réguas diferentes para medir os mesmos fatos, daqueles que tem pesos e medidas diferentes para as mesmas aferir coisas semelhantes.

O populismo exagerado que foi apontado por pesquisa e que debatemos aqui na bancada, ficou explicito nos atos de ontem. Quando falamos que populistas criam fatos, que constroem discursos e teses descomprometidas com a verdade. O populista diz que o corte é de 30%, mas na verdade ele é de 3,5%. O populista não conta para a sua massa manobrada que cortes maiores foram promovidos pelos governos anteriores, como já dissemos.

Outra coisa clara é que a massa que segue os populistas não tem senso crítico. Ela diz brigar pela universidade, mas se mostra de conhecimentos acadêmico, ético e moral, deficientes. O populismo quer a balbúrdia, como foi dito sobre as universidades públicas. Ele não quer rigor, não tem apreço pela seriedade, tem pavor a razão. O populismo quer, como mentiras e enrolações, recrutar soldados para suas batalhas do absurdo.

Enfim, amigos e amigas, os atos de ontem mostraram que o País precisa urgentemente repensar o sistema de ensino, pois o que temos aí e que custa tanto, não tem criado senso crítico, tem criado um monte de zumbis que não raciocinam por si mesmos e que seguem cegamente os profetas do caos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here