Arrecadação em julho já ultrapassou a casa dos 13 milhões de reais em Serra Talhada

0
51

Apesar da choradeira do governo de Serra Talhada, já foram arrecadados em taxas e impostos municipais mais de 13 milhões de reais até este mês de julho. Se a média se mantiver a arrecadação deverá superar os cerca de 20 milhões de 2017.

Deixando de lado verbas do FPM (Fundo de Participação dos Municípios), FEM — O Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal — e outro convênios, o que seria possível realizar com o recurso próprio, além das contrapartidas previsíveis em obras com volumes maiores de contrapartida da União e do Estado?

O governo ampliou o número de UBS (Unidades Básicas de Saúde), mas não consegue dar contrapartidas mais significativas ao recuso que vem do Ministério da Saúde para custear estas unidades. O resultado é falta de médicos ou de medicamentos e a população reclamando nos principais meios de comunicação.

Com 13 milhões também o governo do município poderia calçar mais ruas ou recapear a maioria das ruas do bairro IPSEP, esburacadas, algumas com menos de 2 anos após a afastamento.

Enquanto a gestão anterior do ex-prefeito Carlos Evandro fazia questão de dizer o que fazia com os recursos próprios, a gestão de Luciano Duque se limita, aqui e acolá, a divulgar pequenas contrapartidas que são dadas em obras com volume de dinheiro maior do Governo Federal ou do Governo de Pernambuco. Dá para fazer mais!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here