Cuidado com as histerias criadas propositalmente!

0
19

Senhoras e senhores, precisaremos ter muita calma nessa hora, muito amadurecimento para fazermos boas escolhas na próxima disputa eleitoral nos municípios em 2020. Outras confusões estão sendo montadas com o objetivo de confundir, de dificultar a escolha do eleitor menos consciente. Mesmo velado, o poder econômico continua ditando a regra e tende novamente a desnaturalizar a disputa, podendo abrir outra vez o espaço para candidatos forjados, tirados dos bolsos de paletós.

Como diria Jair Ferraz (comentarista político), está aberta a temporada de histerias provocadas artificialmente. É nesse período em que tem início as especulações, os boatos e principalmente as cooptações. O poder econômico vai ditar o ritmo, pode até não ditar o resultado.

As manifestações já estão acontecendo nas redes sociais. Como dissemos outro dia neste espaço de opinião, as claques, em sua maior parte pagas com recursos públicos, já estão ligando as máquinas para a temporada de discussões sem nexo, defesas apaixonadas e ataques desarrazoados. Eles são pagos para darem a impressão de que a histeria é natural, de que existe algum sentimento popular. Por serem numerosos (e é por isso que o dinheiro público nunca dá), podem conseguir parcialmente influenciar, fazer outras pessoas crerem que aquilo que se propaga retrata a realidade.

Em meio a esse burburinho, correm soltas as administrações do Estado, uma vez que tem grupo ligado a partidos da base do governador Paulo Câmara e que vai defendê-lo de todas as maneiras possíveis. Assim como a claque paga pelos recursos municipais vai defender o prefeito quando for necessário e atacar o governador, lançar especulações descabidas e coisas do gênero. No fim, tudo servirá como cortina de fumaça para tentar impedir que o cidadão tenha conhecimento de todos os detalhes da administração, principalmente das mazelas, das coisas malfeitas, e das questões jurídicas enfrentadas por ambas as administrações ou as que tem os gestores como alvo.

Mas, parafraseando o ex-presidente Lula, nunca tivemos antes na história desse município uma campanha tão diferente como se espera que esta seja. Uma campanha de improbabilidades, de incertezas. Pode ser que, assim como aconteceu na disputa pela presidência da república, o tostão vença o milhão. Pode ser que o inesperado aconteça, que o novo se instale, que o caminho seja trocado. Que uma nova rota seja tomada!

Aqui manteremos as nossas vozes até que fiquem roucas ou sejam emudecidas, comentando, analisando passo a passo o noticiário político e entregando a você tudo destrinchado, “mastigadinho”, impedindo desta forma que interferências alheias façam você acreditar nas histerias provocadas artificialmente. Mais que nunca, a verdade está em voga, a sinceridade se fará uso e serão as armas para impedir que o velho ciclo se mantenha. Está em nossas mãos darmos um basta nisso tudo.

Vamos continuar juntos nessa parceria de sucesso. Essa parceria que tem criado um novo ambiente, esta parceria sintonizada com o que é natural, verdadeiro. Com o que realmente importa para o povo. Estamos atentos e vigilantes!

 

Maciel Rodrigues

Jornalista SRTE-PE 5598  

Radialista DRT 2671

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here