De olho em 2020, Carlos Evandro consegue aprovar contas de 2008

0
64

As contas do ex-prefeito de Serra Talhada Carlos Evandro relativas ao exercício financeiro de 2008, último ano do 1º mandado (Evandro governou de 2005 a 2012), foram aprovadas por 15 dos 17 vereadores em sessão realizada nessa segunda-feira (10). Sinézio Rodrigues (PT) se absteve, e sua colega Alice Conrado não compareceu porque está em tratamento médico.

Anteriormente estas contas haviam sido reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) e o ex-gestor condenado a devolver R$ 800 mil. A CMST (Câmara de Vereadores de Serra Talhada) acompanhou o parecer e também reprovou contas. Carlos Evandro recorreu da decisão, impetrou ação rescisória e venceu. O TCE mudou o parecer e aprovou com ressalvas. Como na 1ª vez que foram votadas, a CMST seguiu o TCE e as aprovou. As informações são do site Farol de Notícias.

Segundo Giovani Sá, com o resultado o ex-prefeito pavimenta o sonho de disputar a prefeitura em 2020, brigando para ser o escolhido pelo bloco de oposição que é liderado no município pelo deputado federal Sebastião Oliveira (PR).

O Farol diz ter ouvido um especialista (não revelou nome) em Direito Eleitoral que garante que as contas do exercício 2007, reprovadas e que tornaram o ex-prefeito inelegível por oito anos, tem prazo para cumprimento do tempo de inelegibilidade (8 anos) se encerrando exatamente em 2020. E que uma possível candidatura de Carlos Evandro pode depender apenas do mês correto em que o prazo será cumprido. “Ele (Carlos) pode estar no jogo”, teria revelado o profissional.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here