E Duque fala em reverter derrotas no TCE-PE

0
241

O prefeito e os secretários condenados pelo TCE pelas contratações irregulares, emitiram uma nota questionando a decisão do órgão colegiado e prometendo que têm argumentos suficientes para reformar a decisão.

Prestes a deixar a prefeitura, Duque e os seus comandados, insistem numa estratégia que fracassou: dizer que é vítima, questionar as análises, as decisões ou mesmo as opiniões alheias, mesmo quando estiveram embasados. O gestor e sua turma prefere negar, contrapor, para ganhar tempo, mas que tem há agora?

Não podemos dizer que não seja possível reformar a decisão do TCE, o próprio Carlos Evandro, ex-prefeito desta cidade já conseguiu provar que havia erros em determinada análise de contas feita pelo TCE. Mas sabemos que é remotíssima a chance de os conselheiros estarem errados. São mais de 20 páginas de justificativas para a condenação dos envolvidos.

Na nota, como esta gestão fez até aqui, procure tergiversar sobre o assunto, confundir, atribuir responsabilidades a terceiros, enfim fugir novamente de suas responsabilidades. As poucas defesas feitas na nota são vazias e tremendamente inconsistentes. Trata determinados contratados como programa, quando não o são.

Deixando o TCE de lado, mas pegando a fala do prefeito de reformar decisões, sabemos que mesmo não logrando êxito no tribunal, o que é provável que ocorra, o chefe do executivo municipal sabe que na Câmara de Vereadores do município tem todas as condições de reformar o que bem entender.

Os vereadores já mostraram a conivência com as coisas ilícitas quando aprovaram estas mesmas contratações questionadas pelo TCE e outras coisinhas mais, como as contas de Duque de 2014 e outras de Carlos Evandro, a última relativa ao exercício financeiro de 2013.

Enquanto estiver com a caneta em sua posse e com ela puder articular para que conchavos ocorram em prol de absolvições criminosas, isso vai se repetir, mas e se o sucessor não for um aliado, um poste, o que o gestor vai fazer quando outras contas, contratações e etc. forem avaliadas e á câmara chegarem? É provável que vai perca feio. Não adianta querer ignorar os fatos, trancar os monstros da gestão no porão, varrer o lixo para debaixo do tapete, pois uma hora ou outra a verdade vem bater a porta e colocar cada indivíduo no seu devido lugar, como já escreveu o escritor e palestrante Roberto Shinyashiki.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here