Guerra de egos entre Neudo e Patriota prejudica a Itã.

0
209

Atualização realizada neste sábado 12 de maio às 11h07

Em se tratando de política em cidade do interior, ter um representante nem sempre significa que a comunidade vai ser assistida pela administração. Se o representante for vereador e oposicionista, pior ainda.

Dando uma olhadinha na matéria apostada pelo Blog do Cauê Rodrigues (leia a matéria e veja fotos)sobre a situação do importante Povoado da Itã, em Carnaíba, fiquei impressionado como a gestão de Anchieta Patriota, que literalmente abandonou aquela gente. Patriota sempre lidou com os ventos favoráveis, mostra-se muito inábil com pressão e posições contrárias à sua maneira de governador.

Travando uma queda de braço com Neudo, que é da Itã e é Presidente da Câmara, Anchieta tem penalizado quem não tem nada a ver com a disputa política de ambos: o povo da localidade.

Está muito claro que com o objetivo de atingir o desafeto político, a gestão acaba usando o povo.  Ao deixar a comunidade a míngua, joga a opinião pública contra o vereador, pois aumenta sobre ele a pressão para que o prefeito olhe para o lugar, no entanto vereador não tem caneta, nem executa, apenas legisla.

A ruas maltratadas, as praças com aspectos de abandono, sugere o juízo de valor que expressamos sobre a relação política entre o prefeito e o presidente da câmara, que até bem pouco tempo era uma relação muito estreita, diga-se de passagem.

Mas para não ficar muito no campo do achismo e da suspeição, vamos usar o exemplo da emenda do deputado Estadual Júlio Cavalcante para aquisição de uma ambulância que deverá servir a comunidade da Itã. Sabe o que aconteceu? A emenda está disponível desde do ano passado e a administração não teve o menor interesse de enviar as documentações para receber o equipamento.

A gente alerta que a população não tem nada a ver com isso. Se existem diferenças ideológicas que cada um construa seu caminho em frentes opostas. Se houver alguma questão pessoal, que tentem conviver pelo menos de maneira respeitosa. O que não pode é colocar o povo no meio dessa disputa. Por que não brigam de quem faz mais? Embora o governo levasse vantagem nessa disputa, não sei se Neudo iria topar.

Acabem com a guerra de egos. Em meio a sentimentos tão antiquados, pode ser que a população, nesse caso no geral, se agrade de alguém que tenha um perfil mais sociável. Quem não confunda disputas com intrigas.  O povo não tem interesse nesse jogo, onde se ela torce para o A, perde. Mas se torcer para o B, também sai perdedora. Acordem, o provo agradece!

Praça Luiz Silvino – Povoado da itã – visivelmente abandonada!

 

Maciel Rodrigues, editor deste blog.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here