João Fernando reúne-se com Gleisi e defende Marília

0
75
Foto: Divulgação

Por: Carol Brito para Blog da Folha

Em busca de consolidação da aliança com o PT em Pernambuco, o presidente estadual do PROS, João Fernando Coutinho, participou, ontem de manhã, da reunião da cúpula do seu partido com a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, em Brasília. Na esteira do avanço das conversas para a formação de uma chapa para a campanha presidencial, o dirigente pernambucano defendeu a candidatura da vereadora Marília Arraes (PT) para o Governo do Estado diante da ofensiva do PSB para contar com o apoio dos petistas para a reeleição do governador Paulo Câmara (PSB).

Além de Gleisi, participaram da conversa os deputados Márcio Macedo e o ex-ministro Ricardo Berzoini. Os representantes petistas teriam reconhecido a força política de Marília Arraes no Estado, mas não deram a certeza sobre o lançamento da candidatura da petista.

Ontem, após a reunião, João Fernando declarou apoio nas redes sociais à candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O gesto simbólico ficou pela autoria da foto que acompanhou o depoimento – tirada pela própria Marília. “Hoje, Lula é um preso político, e a esperança do brasileiro também está aprisionada. Portanto, defendê-lo é estar ao lado do povo”, afirmou.

Os dirigentes do PROS aguardam a sinalização da candidatura para fechar a aliança em Pernambuco. Já o PT negocia o apoio do aliado para a candidatura do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel. Contudo, os dirigentes locais estão mais próximos do projeto de Márcio Lacerda (PSB) para o Governo.

“João mostrou a disposição pela aliança (na reunião). Ele tem toda a liberdade e autonomia para fazer essa condução em Pernambuco”, afirmou o presidente da Fundação da Ordem Social, Felipe Espírito Santo. Além do PT, o PROS dialoga com Rede e Podemos para uma aliança nacional. A expectativa dos dirigentes é contar com a vaga de vice na chapa presidencial petista. Os nomes cogitados são do ex-deputado Maurício Rands e o deputado federal Jaime Martins (MG).

No entanto, a conversa de ontem não foi conclusiva. Segundo Espírito Santo, o partido deverá fechar o apoio na próxima semana.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here