Lindbergh teme ser preso se Bolsonaro for eleito

0
25

A informação foi publicada nesta sexta-feira (19) pelo jornalista Gabriel Mascarenhas no blog Radar da Veja.

Lindbergh Farias mal tem conseguido dormir, pensando nos efeitos da provável vitória de Bolsonaro”, diz o jornalista.

Em agosto, menos de dois meses antes da eleição, o futuro ex-senador do PT já enfrentava dificuldades na Justiça para registrar sua candidatura.

Em julho deste ano, a Procuradora-geral da República, Raquel Dodge, encontrou indícios de que Lindbergh recebeu cerca de R$ 700 mil, entre 2013 e 2014, para defender os interesses da empreiteira OAS no Parlamento e para influenciar decisões de Dilma Rousseff no Planalto.

A situação vai ficar ainda mais complicada para o petista após o fim do seu mandato, no dia 31 de dezembro de 2018.

“Sem mandato a partir de janeiro, ele confessou a um amigo que morre de medo de ser preso assim que o deputado assumir o comando do país”, concluiu o blog Radar.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here