Na contramão

0
56

O vereador Rosimério de Cuca pegou contramão. Primeiro o legislador serra-talhadense disse que se o TCE-PE (Tribunal de Contas de Pernambuco) enviar as contas do prefeito Luciano Duque, exercícios 2013 e 2014, recomendando a reprovação delas, vai contrariar o órgão e votar pela aprovação, pois é grato ao antigo aliado que o ajudou a chegar ao legislativo.

Depois de ser duramente e acertadamente criticado pela fala, o vereador sugeriu ao candidato a prefeito nas eleições de 2016, Victor Oliveira, que interviesse na emissora de rádio Líder do Vale FM (da qual Victor é um dos sócios), para que o comentarista Jair Ferraz “maneirasse”. Como a interferência não aconteceu, Rosimério questionou o empresário e aliado (ambos estão no bloco liderado por Sebastião Oliveira): “não tem moral na rádio que administra, como quer ser prefeito?”, disse na sessão realizada segunda-feira (17).

Na cabeça de Rosimério é normal contrariar o TCE levando em conta os relacionamentos pessoais e possíveis trocas de favores entre ele e Luciano Duque nas eleições de 2016 (baseado na fala do próprio vereador). Também está nítido que o vereador aprecia o modo “coronelesco” e antiquado de pressionar, de perseguir, de amordaçar quem fale do grupo, mesmo que sejam fatos comprovados. Há na cabeça do edil, que por Victor ser parente e aliado de Sebastião Oliveira, deve “preservar” membros do grupo de desgaste.

O que fica evidente é que o vereador ainda não compreendeu bem como é que as coisas têm que ser. Nos dois assuntos, pegou feio na contramão.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here