“Não acredito que ela tenha cometido nenhuma irregularidade”.

0
122

Blog do Jamildo

A acusação é por supostamente empregar quatro funcionários fantasmas, o que ela nega. A investigação está sob sigilo, no Ministério Público de Pernambuco (MPPE). Apesar de o anúncio ter sido feito pela delegada Patrícia Domingos, titular da Delegacia de Crimes Contra a Administração e Serviços Públicos (Decasp), nesta quinta-feira, chegou ao órgão antes. Não há previsão para ser concluído.

Marília disse ter sido surpreendida com a notícia e afirmou estar à disposição da Justiça. “Não temos como deixar de repudiar atitudes que claramente tem o propósito de tumultuar o processo eleitoral democrático em nome de interesses não republicanos”, afirmou.

Humberto e Marília romperam as relações políticas este ano. Enquanto ela fazia pré-campanha a governadora pelo PT, ele articulou a aliança nacional do partido com o PSB, o que rifou a postulação da vereadora. O processo se arrastou por seis meses e terminou com um acordo feito pela executiva nacional do partido para retirar a candidatura de Marília e incluir Humberto na chapa majoritária do governador Paulo Câmara (PSB), a quem ela faz oposição.

“Ainda tenho a expectativa positiva de que ela vote em mim, apoie minha candidatura”, disse.

Segundo o senador, os dois não se falaram desde o início de agosto, quando foi confirmada a aliança com os socialistas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here