O bloco do fogo amigo já desfila na avenida

0
61

O carnaval fora de época da campanha eleitoral já está sendo todo preparado. As cores, os gritos de ordem, o mela-mela, aliás só tem gente melada nessa brincadeira. Daqui, já dá para ver o bloco do “não fui eu não”, o do “Eu posso sim”, mas o mais vistoso e numeroso é o bloco do “fogo amigo”. Vale falar baixar sem que o folião vizinho percebe, como também é a praxe deste grupo disparar pelas costas. Tá uma beleza de se ver!

Nessa brincadeira antecipada não tem banheiros químicos, a sujeirada é feita ao ar livre e em plena luz do dia. Dá para ver como, embriagados e extasiados pelo desejo de pular para o bloco vencedor, tem folião com cara de ontem, de anteontem, todos com suas faces lustradas pelo infalível óleo de peroba, novo insumo nesse carnaval isento de partículas de verdade.

Daqui dá para ver quantos foliões na pipoca, esperando o momento correto para pular para dentro do cordão e aí se acabar na folia, na diversão bancada pelo erário. É um “canavalzão”, meus amigos. Depois de entrar na avenida, pode fazer “L”, “V”, dá o dedo, fazer “munganga”, pois já foi, e depois que entra, diz o ditado, está sem jeito.

Como não poderia faltar, não relhos, mas a zoada é grande. Já mascaras, têm de todos os tipos, de todas as cores. Daqui de cima percebe-se que existem adereços de boa qualidade, mas também tem aqueles foleirinhos, pois mal o trio da campanha deu partida, foram máscaras e mais máscaras caindo, o pior são as caras por baixo, que ainda tentar imitar o instrumento que acabara de soltar-se.

Também é notória a capacidade física dos foliões, mal começou o evento fora de época e já são batidos nos arrastões. Não vai ter jeito, tem gente, aqueles que gritam muito ao som alto do trio, que vai chegar bastante judiado, rouco e de pés calejados.

Também podemos perceber que, pelos movimentos frenéticos e pelos disparos para todo os lados, tem folião que corre o risco de não “pegar” ninguém. Há gente alterada, sabe-se lá se “lançou” alguma coisa. E sabe de uma coisa, meus amigos, eu vou fechar a minha janela, esses blocos têm mais diretoria do que folião. Vou deixar chegar o Carnaval em si, até lá eu vejo muitos destes de hoje já terão sido tirados pelo cansaço, pelo desgaste da imagem de desleal de aproveitador. Pronto, acabou!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here