O melhor protesto é o voto consciente!

0
55

Amigo e amiga, já decidiram em quem vão votar? Já conversaram com seus familiares e amigos sobre boas escolhas, quanto ao futuro e as consequências delas? Está chegando a hora e muita gente ainda não se decidiu ou, quem sabe, esteja disposta a votar em branco, julgando desta maneira externar a sua insatisfação com o comportamento político.

É bom lembrar que os votos em branco e nulo não servem para absolutamente nada, apenas são computados para fins estatísticos, nada mais. Nem se ajuda, nem se atrapalha por esse tipo de voto. Portanto, essa escolha é deixar que terceiros escolham para você. E, cá para nós, a chance de arrependimento é muito maior.

Outra coisa importante é votar em quem seja limpo, não esteja citado ou investigado por qualquer crime, menos ainda se for de corrupção. É bom lembrar que governadores, deputados e senadores tem foro privilegiado. Se estão citados ou investigados, estas investigações vão para a instância superior, o STF, onde fica travada inclusive pelo volume de processos. Se você não votar nesse tipo de candidato ele perde o foro privilegiado e aí o caso vai para a primeira instância, aí a coisa anda com mais celeridade. Então se apesar de todas as operações da Polícia Federal, de todas investigações, prisões e etc. você ainda vai votar em candidato suspeito, lamento dizer, mas você saiu da condição de vítima para a de cúmplice.

Outra coisa importante é o voto útil. Pode ser que apenas por ideologia você esteja predisposto a votar no candidato “X”, porém é bom lembrar que votando em candidatos que não tenham reais chances de vitória é o mesmo que permitir que outros mal-intencionados, mancomunados com terceiros tenham chances de saírem vencedores do pleito. Nestas condições, o seu voto tem ainda mais peso, pois poderá destiná-lo a quem tenha propostas e ideais parecidos com o seu candidato preferido, mas com uma diferença: com chances de vencer a disputa.

Votar branco, nulo, ou pior, abster-se, é aceitar as coisas como estão. É ignorar que está sendo chamado para a guerra e que esta é a hora de defender outro caminho para o País. De nada vai adiantar ignorar esse chamamento e depois sofrer as consequências das escolhas de terceiros. Certeza nunca teremos de que estamos fazendo boas escolhas. É depositar o nosso voto e continuar participando ativamente da política, cobrando os nossos escolhidos, especialmente do legislativo, deputados estaduais e federais e os senadores pois assim desempenharão suas funções de nos representar, auxiliando para um governo melhor ou, através de seus projetos e de seus posicionamentos em votações, ajudando a corrigir a gestão, se for o caso.

Resumindo, meus amigos e amigas: isso não é um jogo, não é m brincadeirinha. São mais 4 anos de nossas vidas que estaremos julgando. Para fins de reflexão é bom lembrar que ninguém chega a novos destinos se percorre sempre os mesmos caminhos. Reflita seu voto, ele não tem preço, tem consequências.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here