Operação “Θ’hpama” resulta na prisão de 10 pessoas, 7 delas de Flores-PE.

0
377

Do G1/PB

Uma operação policial prendeu 10 suspeitos de tráfico de drogas no Sertão da Paraíba e de Pernambuco. A operação “Θ’hpama” (palavra de origem grega que significa presa ou caça) aconteceu na manhã desta terça-feira (14) e teve como objetivo reprimir o tráfico de drogas que acontecia na divisa entre os estados.

A 16ª Delegacia Seccional de Polícia Civil de Princesa Isabel, coordenada pelo delegado Cristiano Jacques, já investigava o grupo criminoso há cerca de 10 meses.

As ações aconteceram em Princesa Isabel e Sousa, no Sertão paraibano, e em cidades de Pernambuco. De acordo com a polícia, a operação precisou ser antecipada no município de Flores-PE, pois, segundo investigações, havia cinco execuções de pessoas a serem feitas, a mando de Josemar Patriota, conhecido como “cangaceiro”, que já estava preso em Sousa.

O homem que está preso em Sousa, na Paraíba, e é suspeito de comandar um grupo criminoso responsável pela distribuição de drogas na divisa entre os estados, além de homicídios e comércio de armas de fogo e munições.

Operação prendeu 10 suspeitos de tráfico

  1. Ironilda Alves Diniz Patriota
  2. Aparecido Eudes de Lima Costa
  3. Antônio Amaro da Silva Filho
  4. Ingrid Naiara Vieira
  5. Janduir Jeferson Nunes Alves
  6. Givaldo do Nascimento Vieira
  7. Luciano Marques de Souza
  8. Marcio Marques de Oliveira Silva
  9. Geneci Morato
  10. Samir

Os mandados de prisão e busca e apreensão foram expedidos pela comarca de Água Branca, na Paraíba. A polícia informou que continuam foragidos Tiago Gouveia Veras e Carlos Daniel Mendes de Oliveira. A operação “Θ’hpama” foi coordenada pelas Polícias Civil e Militar da Paraíba, com o apoio das Polícias Militar e Civil do Pernambuco.

OUTRAS INFORMAÇÕES – Em entrevista ao Portal T5, o delegado Cristiano Jaques informou que as prisões visaram a desarticulação de um grupo criminoso que agia no Sertão dos respectivos estados. Crack, maconha e cocaína era parte do material traficado.

Recentemente, a polícia descobriu de que havia sido encaminhada a ordem para executar cinco pessoas esta semana. Os crimes aconteceriam na cidade pernambucana de Flores, onde, segundo o delegado, concentrava-se o “quartel general do grupo”.

Os 10 suspeitos de integrar a organização criminosa foram presos nas cidades de Canhotinho (1), Sousa (1), Afogados da Ingazeira (1) e Flores (7). Os suspeitos foram interrogados e encaminhados para presídios da região.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here