Polocci assina acordo de delação premiada com a PF

0
23

Depois de tentar sem sucesso fechar colaboração com os procuradores da força-tarefa da operação Lava Jato em Curitiba, o ex-ministro Antonio Palocci, preso desde setembro de 2016, assinou acordo de delação premiada com a Polícia Federal.

De acordo com publicação do jornal O Globo, o acordo avançou com rapidez nos últimos dias e a fase de depoimentos, inclusive, já está concluída. No entanto a colaboração ainda não foi homologada pela Justiça.

 A reportagem diz que as declarações do ex-ministro poderiam causar abertura de novos inquéritos e provocar novas prisões. Lula e Dilma teriam sido citados por Palocci.

Além de ex-ministro da Fazenda do governo Lula e ex-chefe da Casa Civil do 1º governo de Dilma Rousseff, Palocci também foi prefeito de Ribeirão Preto – SP. Ele foi condenado pelo juiz Sérgio Moro a 12 anos e 2 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro e está preso na carceragem da Polícia Federal em Curitiba desde setembro de 2016.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here