Prefeitura de Flores barra apresentação de quadrilha em quadra do município

0
562

No dia 27 de junho havíamos anunciado aqui no blog que a quadrilha junina Raízes do Sertão se apresentaria na quadra da Escola Municipal José Cirino de Carvalho, no Sítio Matolotagem, zona rural de Flores (leia aqui), porém a apresentação foi transferida para a praça pública da localidade, ao lado da igreja católica, aonde foi realizada com sucesso na noite desse sábado (30).

Segundo os organizadores, Eliane Alves e Gleydson, muitos fatos transcorreram desde que eles publicaram um vídeo com a propaganda do evento. Uma verdadeira barreira de ergueu com o nítido objetivo de impedir ou dificultar que o evento acontecesse. Embora não fosse uma praxe, a gestora da escola, Roberta Dias, passou a fazer diversas e estranhas exigências, entre elas o de que os organizadores deveriam oficiar o pedido de utilização do espaço, o que foi feito, contudo muitos outros questionamentos sucederam esse.

Veja abaixo o ofício conseguindo junto ao governo:

oficio secretaria de esportes

Logo após entregarem o ofício para utilizar a quadra da comunidade e apresentar a autorização a gestora, esta reagiu dizendo que aquela autorização por meio do ofício (endereçado a secretaria de esportes) não teria valor e que precisaria ser feito um direto para o gabinete do prefeito Marconi Santana. A senhora Eliane retornou no dia seguinte a prefeitura e levou um chamado chá de cadeira de cerca de 4 horas de espera e não conseguiu falar com o gestor.

Justificativas infundadas

Entre as justificativas esdrúxulas, a de que a propaganda feita configuraria como “propaganda enganosa”, pois não apresentava no vídeo imagens reais das apresentações, mas a organização esclarece que as imagens usadas tiveram apenas o caráter ilustrativo, e reitera que as justificativas tentam apenas maquiar a má vontade e principalmente o critério da politicagem adotada pela administração.

Bem no início da polêmica na quinta-feira (28), durante evento realizado no mesmo local, a gestora da escola ao ser pressionada se eximiu da culpa e alegou estar apenas seguindo ordens e que o prefeito é que havia lhe orientado a barrar a apresentação na referida quadra.

Palanques armados

Além dos espíritos, também permanecem armados os palanques políticos. O prefeito, apesar de veterano afinal é seu 3° mandato, parece não ter compreendido que governa para todos, para aqueles que votaram e para os que não votaram nele.

Dos muitos boatos que surgiram, um dizia que a liberação do espaço não aconteceu porque a Quadrilha Raízes do Sertão seria de adversários políticos do prefeito. Surgiu ainda outro com tom de intimidação, de que mesmo que fosse levada para outro local, a quadrilha não se apresentaria.

Falta de apoio

Apesar de ter prometido ajuda financeira para a custear o evento, a gestão não deu. Segundo a organizadora Eliane Alves, ela mesma teve mais de uma conversa com o próprio prefeito, que prometeu ajudar, mas que não destinou qualquer recurso. Todas as despesas com ornamentação, vestimentas dos participantes e outras, foram custeadas com recursos de patrocinadores, em sua maioria do comércio da cidade vizinha de Carnaíba.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here