Pros rompe com Paulo Câmara e vai declarar apoio a Marília Arraes

0
62

Do Blog do Jamildo

Depois do Avante, do deputado Federal Sílvio Costa, a pré-candidata do PT Marília Arraes deve contar com ao menos mais um partido, em sua saga para defender a candidatura própria do PT em Pernambuco.

Nesta quinta-feira, na reta final das coligações proporcionais e majoritárias, o PROS, do deputado federal João Fernando Coutinho, sinalizou que deve marchar ao lado da petista. A decisão deve ser formalizada até a próxima terça-feira, quando ocorre a convenção do partido no Estado.

Na eleição do novo diretório do partido, nesta quinta-feira, com a formalização de 60 novos nomes, o tema das alianças foi tratado e, quando aberta as discussões, das seis pessoas que falaram todas defenderam a candidatura de Marilia Arraes. “A tendência hoje é ir apoia-la. Há este sentimento na base do partido”, conta um destes aliados.

Nas negociações entre os dois partidos, o PROS pode contribuir com a formação da chapa com a apresentação do nome do ex-deputado federal Maurício Rands, que se filiou à legenda neste ano para voltar a vida pública, depois de abandonar o PT. O economista tem se colocado como candidato ao Senado, nas pesquisas da Datamétrica.

No entanto, a prioridade de Marília é garantir espaço prioritário para a reeleição de Humberto Costa, pelo PT. Nesta situação, Rands poderia ser encaixado como candidato a vice de Marília Arraes ou mesmo vice de Marina Silva, do PV, que também deve formalizar uma aliança com o PT de Marília, uma vez que o candidato Júlio Lossio patina nas pesquisas.

A adesão neste momento é importante do ponto de vista político porque demonstra duas coisas: a candidatura dela mostra-se irreversível e também a classe política está vendo expectativa de poder na postulação.

Além dos dois partidos, outros mais podem aderir à campanha da vereadora do Recife.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here