PSL diz que ex-vereador não preside a legenda em Serra Talhada

0
51

O ex-vereador Persival Gomes concedeu entrevista a Rádio Vilabela FM nesta segunda-feira (22) onde se apresentou como presidente do PSL (Partido Social Liberal) no município de Serra Talhada e, embora este seja o partido do presidenciável Jair Messias Bolsonaro, Gomes declarou voto no candidato do PT, Fernando Haddad.

Falando na condição de correligionário de Bolsonaro, Persival disse não ter nada contra o deputado carioca, porém reiterou que vai votar no candidato do Partido dos Trabalhares. O ex-vereador justificou a decisão dizendo que o povo de sua região, São João do Barro Vermelho, zona rural do munícipio, suspostamente vota por gratidão aos poços, cisternas e outras benfeitorias levadas através de Pedro Eugênio e Manuel Santos, deputados federal e estadual respectivamente (já falecidos).

Persival não comanda a legenda

Logo após a entrevista do ex-vereador a executiva do PSL se manifestou sobre o assunto. Edu Cabral, 1º Secretario do PSL-PE, enviou áudio pelo WhtasApp (rodado pela Rádio Líder FM) deixando claro que o PSL não está nas mãos de Persival Gomes:

Esse senhor não faz parte do PSL desde abril de 2017 por falta de prestação de contas”…“Ir para a rádio para mentir, é feio demais. É querer enganar o povo e o povo não aguenta mais isso”…“com mentira não, senhor Persival Gomes, o senhor Pode apoiar quem o senhor quiser, mas não use o nome do partido para dizer ou para aparecer, porque o senhor não faz mais parte desse partido desde o dia 30 do 4 de 2017”, disse o dirigente.

Os apoiadores de Jair Bolsonaro “não querem nada em troca, apenas ver o Brasil mudar de verdade”, falou Edu.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here