Que jogo é esse?

0
52

Como é que funciona esse jogo político? Um dia o prefeito Luciano Duque vai imprensa e desafia a oposição dizendo que fez mais obras que ela no município. Noutro, Sebastião Oliveira cutuca a gestão e põe em dúvidas as obras tocadas pela gestão.

Um dia Duque recebe Marília, coloca o samba de traz para frente ao lançar a pré-campanha de um candidato a governador de Pernambuco lançando-a no interior do estado. Noutro comparece a solenidade de inauguração do governador oposicionista e mostra humildade ao reconhecer os esforços feitos e os frutos destes.

Um dia Sebastião dispara ataques a biografia do prefeito, relembra seus insucessos como administrador e ataca o modo como essa administração aplicou os recursos. No outro o irmão de Sebastião Waldemar Oliveira defende publicamente a união entre os Sebá e Duque.

Se é verdade que na política não existe ponto sem nó, de que político não faz nada aleatoriamente, tudo tem um interesse, o que estão pretendendo? É a construção de algum tipo de estrada a médio prazo?

Ontem em Bernardo Vieira o prefeito Luciano Duque fez rasgados elogios ao governador Paulo Câmara e ao Deputado Federal Sebastião, reconhecendo suas participações importantes no investimento feito na PE-418.

Quais as mensagens subliminares que estão por trás de cada movimento? Ou não há? Ainda ontem falamos sobre a possibilidade, cada vez mais real, de PSB e PT estarem juntos para as eleições deste ano, como defendem nomes como Humberto Costa.

Outra pergunta que poderá soar como inoportuna, pois dirão que ainda é cedo, é: as movimentações que já ocorreram e aquelas que se desenham podem mudar drasticamente as composições para 2020?

Até o final de julho é provável que permaneçam as movimentações, com Paulo seguindo sua pré-campanha, com Marília esperando pela quase utópica sanidade das lideranças nacionais do PT, e por fora figuras fazendo costuras para agora e para bem depois.

Afinal, desvendamos? É desta maneira que funciona o jogo político?  Os vereadores que quase não falam ou que faltam em dias de votações estratégicas querem se eximir de suas responsabilidades? De fato, são agraciados com indicações nas administrações municipais?

Outra coisa, tem gestões no legislativo que são meros acenos para a torcida? Apresenta-se o requerimento, que já é sabido será derrotado, contudo nada mais é reapresentado ou mesmo o vereador ingressa com ação na justiça?

O jogo ainda parece sofisticado para muitos cidadãos que não se deram conta, porém aos poucos vai chegando a compreensão de muitos outros e sendo assim replicado para a maioria. Mas não nem como culpar os desatentos, pois no jogo a política não há Fairplay, nem as regras são claras, como diria Arnaldo César Coelho.

 

Maciel Rodrigues

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here