STJ rejeita libertar Lula para fazer campanha

0
37

A Quinta Turma do STJ rejeitou, por unanimidade, um pedido da defesa de Lula para permitir que o condenado deixasse a prisão e pudesse participar da campanha eleitoral.

Os advogados do condenado pediam que essa medida (“efeito suspensivo”) durasse até que o STJ julgue o recurso pela análise do mérito da condenação no caso do triplex do Guarujá.

A decisão foi tomada pelo colegiado em 2 de agosto, mas foi divulgada pela assessoria de imprensa do tribunal só hoje, uma semana depois.

Na sua decisão, a Quinta Turma confirmou sentença individual dada no dia 11 de junho pelo relator do processo, Felix Fischer.

 

Do Antagonista

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here