Tiros que mataram família de Serra Talhada em Milagres-CE partiram da PM, aponta perícia

0
59

Um laudo de balística concluído pela Perícia Forense indica que partiram das armas da Polícia Militar os tiros que mataram uma família de Serra Talhada em dezembro de 2018 no município de Milagres-CE, durante uma tentativa de assalto a dois bancos.

Na ocasião morreram 14 pessoas, incluindo o empresário serra-talhadense João Batista, 49 anos; o filho dele, Vinicius de Souza Magalhães, 14 anos; e os amigos Cícero Tenório dos Santos, 60; Claudineide Campos de Souza, 41; e Gustavo Tenório dos Santos, 13 anos.

Os militares envolvidos na operação tentaram apagar vestígios da ação desastrosa, como vídeos de câmeras de segurança, mas testemunhas já haviam dito que os tiros partiram da PM. O laudo apontou que os disparos saíram de fuzis, porém, nas armas apreendidas com os bandidos não consta esse tipo de armamento.

A Secretaria de Segurança do Ceará informou que a Polícia Civil de Milagres continua investigando o caso e “maiores informações serão repassadas em momento oportuno”.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here